Please assign a menu to the primary menu location under menu

Como Trabalhar em Casa e Gerar Renda Própria!

 

Antes de começar, vamos deixar bem claro que não falaremos sobre fórmulas mágicas de ganhar dinheiro fácil, sem esforço algum.

Em compensação, vamos te entregar o guia mais completo da internet abordando tudo que você precisa saber sobre como trabalhar em casa. Se esse é o seu objetivo, você está no lugar certo! Espero que este conteúdo seja muito útil para você, a ponto de terminar a leitura com a cabeça fervilhando de ideias.

Você tem notado que é cada vez mais comum se deparar com jovens insatisfeitos com suas profissões? Ou ainda, encontrar aqueles que não se encaixam em nenhum campo profissional tradicional?

Isso não é acontece somente com jovens. Adultos com muitos anos de mercado, por vezes, acabam desmotivados em seus empregos e sentem vontade de inovar e fazer algo completamente diferente do que fizeram até ali.

Sabemos que escolher uma carreira não é uma decisão fácil. Por isso decidimos te munir com TODAS as informações que você precisa para tomar uma decisão assertiva.

Já adiantamos alguns fatores. O que você precisa para trabalhar em casa:

  • Escolher qual será seu trabalho (leia algumas sugestões abaixo);
  • Ter um ambiente propício, bem organizado para trabalhar remoto;
  • Ter disciplina para se organizar e estabelecer sua própria rotina;
  • Se for abrir um negócio próprio, é preciso legalizá-lo, por mais que seja um trabalho que será executado dentro de casa;
  • Divulgar seu trabalho para que mais pessoas o conheçam.

Pensando nisso, estruturamos todo o conteúdo para que você consiga chegar à melhor opção para trabalhar em home office.

Neste post, você vai aprender:

1. Trabalhar em casa x ter um negócio próprio

2. Vantagens e desvantagens de trabalhar em casa

3. 23 ideias de trabalhos que podem ser realizados em casa

4. 8 sites que te ajudam a trabalhar de casa

5. Como se preparar para trabalhar em casa

6. A grande sacada para gerar mais renda!

Trabalhar em casa x ter um negócio próprio

Este é um tópico fundamental que vai guiar os seus próximos passos e é preciso que você se atente à ele para entender em qual perfil você se adequa mais.

Existem duas possibilidades para fazer trabalhar em home office: ter um negócio próprio ou trabalhar remotamente para uma empresa ou outra pessoa.

Trabalho remoto

Ter um trabalho remoto significa que você não precisa comparecer a um escritório físico, o que te possibilita trabalhar de qualquer lugar do mundo, contanto que esse lugar tenha acesso à  internet. É possível ser um colaborador convencional, ter um contrato de trabalho por um período determinado ou, ainda, ser um freelancer.

O colaborador convencional é contratado pela empresa e tem direito à todos os benefícios de um empregado normal.

Uma pessoa com tempo de contrato limitado ainda terá sua carteira de trabalho assinada (ou pode receber a grandeza por meio de uma conta jurídica), porém, o período de serviço é definido no acordo entre empregado e empregador.

E o freelancer é aquele profissional que é contratado para um projeto ou tarefa específica e pode ter o período de trabalho definido ou indeterminado.

Essas são ótimas opções se você não quer se preocupar com administração e desenvolvimento de um negócio. Mas lembre-se que trabalhando para outras empresas ou pessoas você terá um limite de ganho salarial, mesmo que seja um ótimo profissional, já que quem define seus ganhos não é você, porém quem o contratou.

Negócio próprio

Já o negócio próprio pode ser muito interessante se você deseja ser seu próprio chefe e ter independência financeira. Mas é claro que, se fosse fácil, todo mundo seria empreendedor. Justamente por não ser uma tarefa muito simples, é que de cada 10 empresas, 6 fecham suas portas antes de completar 5 anos.

Ter um negócio próprio significa, principalmente:

  • ser multitarefas, especialmente no início;
  • estudar muito sobre o seu mercado;
  • ter resiliência para saber lidar com diversos desafios;
  • ser paciente para começar a ter retorno financeiro.

É importante que você entenda que empreendedorismo está muito mais associado a identificar problemas e oportunidades para implementar uma ideia que cause impactos positivos, do que ser inovador e criar algo nunca visto antes. Então, para simplificar, a partir de agora você pode pensar em empreendedorismo como ações e projetos que buscam resolver problemas de outras pessoas, por mais simples que eles sejam.

Mais adiante, vamos citar várias oportunidades, seja com um emprego remoto ou com um negócio próprio.

Antes disso, você precisa entender quais são as vantagens e desvantagens de trabalhar em seu próprio lar, assim poderá tomar uma decisão consciente dos desafios que vêm pela frente.

Vantagens e desvantagens de trabalhar em casa

Ao ler os tópicos a seguir, associe cada condição ao que você planeja para seu futuro profissional e considere o que você acredita que seja mais importante para ter um alto nível de qualidade de vida. Uma boa dica é fazer uma lista de prós e contras.

Vantagens 

Não precisar enfrentar trânsito: principalmente se você mora em uma cidade grande, que tenha um tráfego intenso de veículos, essa é uma das grandes vantagens de trabalhar de casa. Há quem não se importe em passar tempo no carro ou no transporte público, mas se você não suporta perder tempo no trânsito, pode escrever esse tópico na lista de vantagens. Além disso, é válido considerar que em casa você tem mais segurança, enquanto na rua, estamos sempre sujeitos à acidentes ou assaltos.

Passar mais tempo com a família: se você já constituiu família, sabe como cada minuto importa perto de quem ama. E esse é um fator de peso, principalmente se você tem filhos!

Controlar o próprio tempo: trabalhando em casa, você tem flexibilidade para definir o seu horário de trabalho. Algumas pessoas se sentem mais produtivas logo pela manhã, já outras trabalham melhor durante a noite ou até de madrugada! Isso pode ser adequado de acordo com seu perfil, principalmente se você trabalha por conta própria.

Economizar: quando você trabalha em casa, evita almoçar em restaurantes e gastar com transporte público ou gasolina. E se você economizar durante a semana, pode aproveitar o dinheiro para investir em seu negócio, pagar outros gastos importantes ou ter uma graninha extra no final de semana.

Alimentar-se de forma mais saudável: se você evita comer em restaurantes, também escapa de algumas tentações na hora do almoço e do lanche. Dessa forma, tem a oportunidade de investir em uma alimentação saudável e preocupar-se mais com sua saúde.

Ter mais conforto e comodidade: em casa, você pode organizar um espaço de trabalho que seja sua cara e personalizá-lo de acordo com suas necessidades. Você ainda pode planejar um espaço de descanso para depois do almoço e fazer um cafezinho do jeito que você mais gosta. Todo o ambiente terá a sua cara, já que será preparado exclusivamente para você.

Ter mais tempo para fazer o que gosta: o ritmo de ir e voltar para o trabalho às vezes é tão corrido e intenso que não sobra tempo para mais nada! Trabalhar de home office também proporciona mais tempo para passear, fazer atividades físicas, cuidar de você mesmo e investir nos estudos para, por exemplo, aprender um novo idioma.

Desvantagens

Perder a privacidade enquanto trabalha: quando você trabalha em um ambiente privado ou em que todas pessoas estão concentradas em um mesmo objetivo, é mais simples focar e ser produtivo. Mas em casa, você corre o risco de ser interrompido diversas vezes, seja por quem mora com você, interfone ou telefone tocando, vizinho chamando e outras situações comuns de um lar.

Trabalhar em um ambiente despreparado: para ter um trabalho em casa é preciso criar um ambiente à prova de distrações. Principalmente se você é dono do seu próprio negócio, é você quem deve se cobrar e garantir que seu desempenho esteja no nível esperado. Porém, se você trabalha em um ambiente inadequado, por exemplo, com o notebook em cima da cama, naturalmente sua performance será prejudicada e, nesse caso, sua saúde também.

Trabalhar excessivamente: em casa, você pode perder a noção de horas trabalhadas e acabar o dia trabalhando mais do que em um emprego tradicional. Entendemos que se você trabalhará por conta própria, precisará se esforçar muito mais do que em um emprego comum, mas você não pode deixar esse fato prejudicar sua qualidade de vida. Vamos dar algumas dicas interessantes a respeito disso ainda neste post.

Falta de contato social: se você é uma pessoa socialmente ativa, que gosta muito de conversar, prepare-se para passar longos períodos sem muito contato social. Quando você trabalha em um escritório, tem a oportunidade de conversar durante o horário de expediente, trocar ideias na hora do café e fazer novas amizades. Já em casa, seu dia a dia naturalmente será mais solitário. Algumas pessoas que trabalham em casa conseguem solucionar esse problema trabalhando ao menos uma vez por semana em escritórios de coworking, que são locais preparados para receber profissionais remotos. Dessa forma, você consegue manter seu trabalho em casa na maior parte do tempo e ainda fomentar o contato social.

Ausência de benefícios: esse tópico é especialmente focado em quem vai começar um negócio. Quando trabalha-se por conta própria, você deixa de receber os direitos previstos por lei, como férias remuneradas, plano de saúde e registro na carteira de trabalho. Mas não se esqueça que se seu negócio for lucrativo, você terá diversos benefícios que compensam a ausência dos benefícios trabalhistas.